fbpx
Av. Tenente Raimundo Rocha, S/N, UFCA, BLOCO D, Sala 04, Juazeiro do Norte

Como planejar sua reforma

Escrito por : Davi Nascimento de Freitas

Hoje em dia, quando se pensa em reformar, já nos vem à cabeça muito estresse, correria e imprevistos. Mas não precisa ser assim. Nesse pequeno texto iremos listar para você alguns tópicos que poderão fazer total diferença no seu planejamento e evitar muitos erros, gastos desnecessários e surpresas desagradáveis ao longo deste período. Então fica de olho nessas 5 dicas preparadas para você.

Imagem ilustrativa Reforma – Fonte Google Imagens >

1. Tenha em mente o objetivo da sua reforma ;

Existem muitas razões para realização de uma reforma, por exemplo: aumentar seu valor de venda, ampliá-lo, corrigir possíveis falhas estruturais, alterar a arquitetura, mudar a função do imóvel (de residencial para comercial), etc. Por isso, este deve ser o passo primeiro para se dar  início a uma obra de reforma.

Mas lembre-se, não basta ter seu objetivo em mente e não segui-lo a risca. A maior causa de estresse durante reformas ocorre quando o morador se depara com imprevistos. Mas esse problema pode ser minimizado quando se respeita o planejamento realizado. As chances de ocorrerem eventualidades diminuem consideravelmente.

2. Estabeleça um limite de gastos;

Ter em mente um teto para gastos da sua obra é de suma importância, mesmo que você esteja planejando pequenos consertos . Então, não deixe de pesquisar o preço dos materiais que serão utilizados, assim como o custo com a mão de obra. Desta forma, você poderá conferir (mesmo que de forma superficial) se os gastos se enquadram no limite estabelecido por você anteriormente, evitando que a obra necessite ser parada devido a falta de recursos.

Além disso com uma pesquisa de mercado  você poderá contratar a melhor empresa de reforma e poderá fazer um trabalho muito mais completo e barato, pois utilizará seus recursos com inteligência.

3. Crie um cronograma para sua obra;

Esta é uma forma simples e segura de acompanhar o andamento de uma reforma. O tempo passa muito depressa, por isso é fácil desperdiçá-lo quando não monitoramos o andamento das atividades a serem realizadas.

Tudo deve ir para o cronograma, desde o prazo para pesquisar o preço dos materiais até a entrega da reforma. Quanto mais detalhado seu cronograma, menos imprevistos podem vir a ocorrer, e as atividades poderão render muito mais.

4. Não tome total responsabilidade da obra;

Dependendo do tamanho da obra, é importante distribuir suas  tarefas. Isso evita que os trabalhadores contratados fiquem parados, aguardando por orientações do dono da obra. Lembre-se, é importante que você entenda o que está acontecendo em sua casa, saber o valor dos materiais e mão de obra, mas também é necessário confiar no trabalho das pessoas e poder dividir um pouco dessa responsabilidade.

5. Priorize projetos de infraestrutura;

A manutenção e possível reforma nesses sistemas ajudam na segurança do imóvel, evita possíveis gastos imprevistos para reparo, além de contribuir com a sua valorização. Por isso, em uma reforma você deve priorizar a manutenção elétrica, hidráulica e reforços estruturais.

Agora que já pegou essas dicas você já estará bem mais preparado para realização da sua reforma, e poderá muitas dores de cabeça. Espero que tenha gostado do nosso conteúdo, e qualquer dúvida pode nos contatar, estamos abertos a ajudá-lo (a).

Posts relacionados

Deixe um comentário