fbpx
Av. Tenente Raimundo Rocha, S/N, UFCA, BLOCO D, Sala 04, Juazeiro do Norte

O que você precisa saber sobre infiltração

Escrito por: Antônio Igor

Os problemas com infiltração são frequentes nas construções em todo o país, afetando diferentes partes da edificação como as paredes, lajes, piso, caixas d’água, piscinas e garagem.

O primeiro passo a ser dado é identificar a origem da infiltração para entender o motivo de sua ocorrência. Fazer uma intervenção na parede, sendo que a umidade está vindo de outro local, não vai resolver o problema de maneira definitiva. Assim, deve, ser analisadas as principais causas de infiltração na estrutura.

As lajes sem proteção são uma das maiores causas de problemas relacionados a infiltração e umidade na construção. As lajes de cobertura que não receberem o tratamento de impermeabilização adequado, permitem que a água percole causando problemas não apenas na própria, mas também em outros elementos das estruturas.

Fissuras e rachaduras são comuns aparecerem durante o tempo nas paredes. Quando isso ocorre, elas passam a ser o local de entrada da infiltração, principalmente em tempos chuvosos. Como ônus são geradas bolhas na pintura, mofo, bolores e manchas escuras.

Outra origem muito comum de infiltração nas paredes é a falha durante a impermeabilização da fundação, principalmente das vigas baldrames que servem de base para as paredes que ficam em contato com o solo. A umidade, nesse caso, ocorre do solo para a parede. Esse tipo de problema deve ser previsto durante a execução da obra, uma vez que para resolvê-lo após a conclusão da obra é muito difícil.

As conexões das tubulações de água e esgoto podem apresentar falhas resultantes de contato com elementos corrosivos, alterações estruturais, a variações na temperatura ou má execução no momento da instalação. Assim, a água pode acabar vazando e causando bolhas na pintura, manchas ou bolores.

A solução é muito simples. O uso de agentes impermeabilizantes durante o processo construtivo é essencial para evitar que estes problemas aconteçam. Caso seja necessário a intervenção após a finalização da obra, é preciso retirar todo o revestimento existente, expondo a alvenaria. Após, todas as fissuras devem ser seladas, evitando assim a propagação de água. Em seguida devem ser adicionados aditivos impermeabilizantes no revestimento e refazer o reboco de toda a parede.

Posts relacionados

Deixe um comentário