fbpx
Av. Tenente Raimundo Rocha, S/N, UFCA, BLOCO D, Sala 04, Juazeiro do Norte

QUAL O TIPO DE FORRO PARA SUA OBRA?

Escrito por: Matheus Levy

Nós da Projetta acreditamos que uma das coisas mais importantes é que a edificação e os ambientes tenham ‘a cara’ do seu proprietário, afinal é essencial se sentir pertencente ao lugar em que estamos.

Os acabamentos são aqueles que dão o toque especial à estética da edificação e o forro é primordial quando falamos de ter um projeto funcional, agradável e executável. Ele também tem função de isolamento térmico e acústico.

Com isso, separamos algumas informações aqui sobre cada tipo de forro e materiais que você pode utilizar na sua obra e os principais aspectos para serem observados:

Custo-benefício, facilidade na aplicação, durabilidade e estética.

  • Gesso

Sem dúvida, é um forro que valoriza o ambiente. É um dos materiais mais utilizados para forros e muito comum em projetos com rebaixamento de gesso e também iluminação embutida.

-Tradicional:

É o forro de gesso mais usado na nossa região. O acabamento consiste no uso de placas moldadas que são encaixadas em sequência e sustentadas por estruturas de arame. Em geral produz bastante sujeira durante a instalação, mas tem um custo benefício bom!

– Drywall/Gesso acartonado:

Os painéis de gesso acartonado, conhecidos como drywall, são fixados em estrutura de perfis metálicos e possibilita a criação de variadas formas e desenhos no teto, como as tradicionais sancas. Além disso, o material é um ótimo aliado dos projetos de luminotécnica. Gera menos sujeira que o método anterior.

Prós: Facilidade de iluminação embutida, é bom em isolar barulhos e manter uma temperatura agradável além da fácil manutenção.

Contras: Problemas com absorção de umidade (áreas molhadas).

  • PVC

Esteticamente não é dos mais destacados, porém possui uma série de vantagens que fazem com que seja um dos tipos de forro mais utilizados atualmente, geralmente é usado em ambiente maiores e projetos comerciais devido ao seu baixo custo.

Prós: Durabilidade, fácil limpeza e instalação, resistente a umidade, fácil de fazer furos e barato.

Contras: Pouco resistente a fogo, baixo isolamento térmico/acústico e estética.

  • Madeira

É um tipo de forro que valoriza a estética do projeto além de ser um clássico. Entre os tipos de forro, o modelo que usa madeira é conhecido como Lambri, nome dado às lâminas de madeira que são encaixadas para compor o forro.

Prós: Uso em diferentes ambientes, combina com várias propostas de decoração e estética.

Contras: Pouca resistência a umidade, infecção de pragas e alto valor.

  • Bambu

Uma alternativa mais barata que a madeira, é uma nova tendência do mercado e vem acompanhado de uma proposta ecológica e sustentável para a obra. Por ser um material extraído da natureza, o bambu consegue proporcionar um ambiente aconchegante e ótimo isolamento acústico.

Prós: Isolamento acústico, não tem custo com pintura e estética

Contras: Desgaste e infecção de pragas

  • Isopor

Este tipo de acabamento é caracterizado por sua leveza, amenizando o peso da estrutura, e isso o torna uma boa uma ótima opção para ambientes grandes, como comércios.

Prós: Barato, resistente a pragas e bom isolante térmico/acústico.

Contras: Baixa resistência ao fogo

Bom, esses são os principais modelos de forros utilizados nas construções.

Obrigado por ler até aqui :), para mais informações entre em contato conosco!

Posts relacionados

Deixe um comentário